Expressões

Significado de Expressões – Na língua portuguesa expressar significa ato ou efeito de exprimir, manifestação de pensamentos por gestos ou palavras, modo como o rosto, à voz e/ou os gestos revelam um estado de espírito, semblante. É animação, vivacidade, revelação, representação de uma ideia ou de um conceito, entre outras definições. Uma expressão idiomática ocorre quando um termo ou frase assume significado diferente daquele que as palavras teriam de forma isolada. O uso que um falante faz das expressões idiomáticas determina o seu grau de domínio da língua, possibilitando-o expressar-se de muitas maneiras. Bacana não é? A comunicação, seja ela por meios linguísticos, corporais ou subjetivos, está impetrada na essência das pessoas, que se expõem para tentar aproximar seus sentimentos individuais  e pensamentos existenciais, em manifestos abrangentes e coletivos.

EXPRESSÕES POPULARES

No cotidiano de qualquer brasileiro utilizam-se inúmeras expressões populares para diversas situações da vida e nunca paramos para imaginar de onde vêm. Em alguns casos, usamos de forma automática, saem de nossas mentes e nem paramos para pensar se isso tem alguma origem. Só que acreditem todas as expressões populares tem sua origem e a grande maioria surgiu há muitos e muitos anos. Observem alguns exemplos:

bafo

Bafo de onça

A onça é um animal carnívoro que se lambuza bastante na hora de comer a caça. Por esta razão, fede muito e sua presença é detectada à distância na mata. Assim, pessoas que possuem o hálito fétido passaram a ser chamadas de “bafo de onça”. A expressão também faz referência ao hálito de quem está (ou esteve) alcoolizado.

casajoana

Casa da Mãe Joana

A expressão se deve a Joana, rainha de Nápoles e condessa de Provença que viveu na Idade Média entre 1326 e 1382. Em 1346, a mesma se refugiou em Avignon, na França. Aos 21 anos, Joana regulamentou os bordéis da cidade onde vivia refugiada. Uma das normas dizia: “o lugar terá uma porta por onde todos possam entrar.” Transposta para Portugal, a expressão “paço da mãe Joana” virou sinônimo de prostíbulo. Trazida para o Brasil, o termo paço, por não ser da linguagem popular, foi substituído por casa. Assim, “casa da mãe joana” passou a servir para indicar o lugar ou situação em que cada um faz o que quer, onde impera a desordem e a desorganização.

image

Dar com os burros n’água

A expressão surgiu no período do Brasil Colonial, no qual tropeiros que escoavam a produção de ouro, cacau e café precisavam ir da região Sul à Sudeste sobre burros e mulas. O fato era que muitas vezes esses burros, devido à falta de estradas adequadas, passavam por caminhos difíceis, regiões alagadas e muitos deles morriam afogados. Daí em diante o termo passou a ser usado para se referir a alguém que faz um grande esforço para conseguir algo e não tem sucesso nisto.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s