PM cumpre mandado na sede do diretório Municipal do PT em Uberlândia

 

 

Hoje pela manhã (28), viaturas da Polícia Militar de Uberlândia-MG, foram até a sede do Partido dos Trabalhadores (PT), no bairro Aparecida, para cumprir Mandado de Busca e Apreensão expedido pela Justiça Eleitoral. Várias caixas com documentos, que serão analisados pelo Ministério Público, foram apreendidas e colocadas em viaturas para serem entregues à Justiça. A suspeita é de que haviam documentos de propaganda política irregular. No local foram encontrados diversos cartazes afixados nas paredes, inclusive com fotos do ex-presidente, Luiz Inácio da Silva (Lula) que foi condenado em segunda instância e está preso na sede da Polícia Federal (PF), em Curitiba-PR. No diretório, foram recolhidas 36 caixas. A denúncia foi feita ao Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). O juiz eleitoral da 314ª Zona Eleitoral de Uberlândia, Ibrahim Fleury Madeira Filho foi o responsável pela expedição do mandado. O momento da chegada da PM e as apreensões foram registradas por populares e se espalharam nas redes sociais. 

****Por volta das 10h20, tentamos um contato, por telefone. com Gilberto Neves, secretário de Comunicação do PT, em Uberlândia, mas o aparelho estava desligado. Entretanto, obtivemos informações extra-oficiais de que, de fato, um oficial de Justiça estaria recolhendo material antigo de campanha onde estava estampado a logo e foto de Lula, mas que isso seria até uma ajuda, já que este material seria descartado, uma vez que houve a troca da logo de Lula pela logo de Haddad, o candidato majoritário.

***Logicamente que as Leis precisam e devem ser cumpridas rigorosamente, mas o que me chama a atenção é que nos programas oficiais de campanha em todo Brasil, a foto de Lula aparece, inclusive discursos do mesmo e aí, ninguém fez nada? Se o cidadão foi condenado em segunda instância, está preso, como aparecer em discursos políticos? Como “despachar” com o atual “testa de ferro” (Fernando Haddad)? Sim, porque toda a imprensa noticiou que ele (Haddad) estaria indo à Curitiba “conversar” com o “mentor” Lula. Que país é esse? Um político, de acordo com todos os inquéritos, Lava Jato,  a Justiça, comprovadamente, cometeu crime, teve todos os recursos possíveis e impossíveis, foi e voltou, fez a própria Justiça de “trouxa” quando foi expedido mandado de prisão e ele foi para Curitiba quando e do jeito que quis, recebe e recebeu visitas do “mundo e do raimundo”, tem tanto poder? Independente de partido A ou B, independente de candidato X ou Y, porque o voto é secreto, eu estou, como tenho a certeza que muitos estão, esbabacada com tanto “domínio” deste cidadão e suas “equipes”. Que país é este? Eu tenho um pouco de experiência, pelos anos trabalhados na área, com presos, com as determinações judicias, mas sinceramente, diante de tanta “obscuridade”, fico me perguntando, desculpem, mas não seria mais “honesto” , mas transparente deixar o país nas mãos dos “amigos”. Sim, porque pelo menos era mais “bonito” do que tentar ludibriar o povo. Podemos não ter tanto poder para combater esse conluio de assaltantes, mas pelo menos não ficaríamos aqui fazendo papéis de retardados e imbecis. Aqui é Cássia Bomfim e viva a liberdade de expressão.

 

*** Às 13h01 recebemos a nota oficial do Diretório Municipal do PT:

WhatsApp Image 2018-09-28 at 13.01.45
*Foto destaque: G1 e vídeo: internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s