Capacitação profissional

Lamentavelmente uma das frases mais ouvidas nos últimos meses é “estou desempregado”. Esta, com certeza, não é a melhor maneira de começar o dia. Sem saber o que fazer para mudar esta realidade que afeta milhões de trabalhadores no país. A situação fica ainda pior quando o trabalhador não tem qualificação profissional. Por isto é fundamental investir neste setor. Em várias partes deste imenso Brasil, alguns governos têm buscado parcerias para que ofereçam oportunidade de capacitação às pessoas que vá de encontro com as necessidades do mercado de trabalho. Em Uberlândia, a partir desta semana, interessados em aprender ou aperfeiçoar seus conhecimentos para ingressar no mercado de trabalho, já podem procurar um dos cinco centros profissionalizantes do Município. Ao todo, 15 cursos serão oferecidos gratuitamente pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth). Para se matricular, bastar que os interessados se dirijam aos centros profissionalizantes dos bairros Planalto, Lagoinha, Luizote, Morumbi e Campo Alegre. Para participar, é precisar ter idade superior a 16 anos, escolaridade compatível com a especificidade do módulo e renda familiar de até três salários mínimos. Também é necessária a apresentação de registro geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), assim como comprovantes de endereço e de renda familiar. 

 

Resultados

Com opções para informática profissional, gastronomia, bordado e outros setores, a Sedesth já realizou mais de 40 mil atendimentos em todos os seus projetos, pautados na formação profissional e geração de emprego. Neste mesmo período, foram mais de 106 mil procedimentos durante os cursos profissionalizantes, incluindo aulas, workshops, seminários e formações.

Confira os cursos oferecidos 

– Centro de Referência Profissionalizante Planalto – Rua do Jardineiro, 360, bairro Planalto – Telefone: 3257-3795

Informática Profissional
Período: 05/11 a 12/12
Horários: 13h às 14h40 / 14h40 às 16h20 / 16h20 às 18h / 18h às 19h40 / 19h40 às 21h20
Dias: de segunda a sexta-feira

Centro de Referência Profissionalizante Lagoinha – Rua São Francisco de Assis, 1070, bairro Lagoinha – Telefone: 3226-6389

Preparo de bolos e tortas
Período: 5/11 a 9/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a quarta-feira

Bombons e trufas
Período: 12/11 a 16/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

Maquiador
Período: 12/11 a 27/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

Upcycling de Bolsas
Período: 19/11 a 30/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

Delícia de Natal
Período: 26/11 a 30/11
Horário: 14h às 17h
Dias: segunda-feira a quarta-feira

Hardware – Montagem e Manutenção de Computadores
Período: 5/11 a 27/11
Horários: 13h às 15h30 e 15h30 às 18h
Dias: segunda-feira a sexta-feira

– Centro de Referência Profissionalizante Luizote – Rua Antônio Rufino Borges, 165, bairro Luizote de Freitas – Fone: 3228-7520

Bordado em pedraria e bordado com linha 
Período: 07/11 a 14/12
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

– Centro de Referência Profissionalizante Morumbi – Rua José Maria Ribeiro, 897, bairro Morumbi – Telefone: 3232-3060

Primeiros passos para culinária
Período: 05/11 a 23/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

Departamento Pessoal
Período: 19/11 a 30/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

Preparo de salgados
Período: 26/11 a 30/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

Hardware – Montagem e Manutenção de Computadores
Período: 29/11 a 17/12
Horários: 13h às 15h30 e 15h30 às 18h
Dias: de segunda a sexta-feira

– Centro de Referência Profissionalizante Campo Alegre – Avenida Cordilheira dos Andes, 1015, bairro Campo Alegre – Telefone: 3227-3767

Bombons e trufas
Período: 5/11 a 9/11
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a sexta-feira

Informática Profissional
Período: 5/11 a 12/12
Horários: 13h às 14h40 / 14h40 às 16h20 / 16h20 às 18h
Dias: de segunda a sexta-feira

Delícias de Natal
Período: 19/11 a 23/11   
Horários: 13h às 17h
Dias: de segunda a quarta-feira

Diante disso, só espero que, assim como em outros estados e cidades, estes programas não sejam apenas voltados para o cunho “político eleitoral”, mas para o bem das milhares de pessoas que não têm condições financeiras para realizar estas capacitações em instituições privadas e mais, que o mercado, por intermédio dos empresários, não as discriminem e valorizem o aprendizado conquistado. Que os certificados de conclusão sejam realmente aceitos, sem qualquer tipo de “observação”. Obviamente que depende do candidato e de sua trajetória de aperfeiçoamento. Aqui é Cássia Bomfim e viva a liberdade de expressão.

cursos profissionalizantes

 

*Fonte: Secom/PMU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s