Associação de Moradores do Jardim Europa cobra e fiscaliza obras no bairro

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Jardim Europa (AMBJERS), Antônio Neto, em consonância com a diretoria da entidade, tem desenvolvido diversos trabalhos junto a Prefeitura de Uberlândia-MG, para que haja mais atenção com o local. Estes serviços de benfeitoria para a comunidade não são favores, mas direitos reivindicados e cobrados por parte dos moradores através da Associação que os representa. De acordo com o presidente, durante todo o processo de condução da entidade, eles convocam a comunidade para debates em todos os setores de interesse coletivo, proporcionado condições de levantar problemas comuns que precisam de solução eficiente e rápida. “Nem sempre conseguimos respostas rápidas, porque existe toda uma burocracia, mas não deixamos passar. Além de ofícios, registros fotográficos, sempre ficamos em cima do poder público para que a comunidade não fique no prejuízo por algo (serviços) que são fundamentais e de direito para todos”, ressalta Antônio neto. Nesta semana, por exemplo, as máquinas trabalharam no recapeamento e recuperação de vias públicas do bairro. Existiam locais onde os buracos estavam enormes e foram feitos os trabalhos de tapa buraco.

 

Segundo Neto, é importante destacar que, apesar de ainda existirem várias necessidades para o local, ao poucos, são feitos os ajustes necessários para atender aos moradores que sempre estão de olho nas deficiências do bairro e que além de direito, são obras muito importantes para todos. “A participação da comunidade é essencial para o fortalecimento das reivindicações, bem como as melhorias executadas. Não dá para parar, ainda precisamos muito aqui de escola, creche, rotatórias, resolver as questões de lotes vagos, como mera especulação imobiliária e que desvaloriza a casa do morador do bairro, bem como outros pontos. O importante é não fecharmos os olhos e cruzarmos os braços”, disse ele. Um dos exemplos desse processo foi a operação tapa buracos em vias do Jardim Europa e foi acompanhado e registrado de perto. Antônio Neto e outros membros da Associação e até mesmo moradores, comerciantes, realizaram um mapeamento no bairro, mostrando os locais onde requer reparos e eles começaram na rua Bari e devem percorrer por outros pontos. 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s