Janeiro mês de férias, mas o que fazer?

Normalmente em janeiro uma gama de pessoas sai em férias, sejam do trabalho ou da escola. Algumas tiram o merecido descanso, em família ou até sozinhas. Aí vem a questão: sem muita grana, o que dá para fazer? Antes de mais nada é preciso planejar ou…não… Não importa, precisamos sempre tirar um tempo para nós mesmos, para recarregar as energias, nos conhecer, nos conectar com a natureza, ou simplesmente deixar as perninhas para o ar fazendo absolutamente nada, a escolha é sua! Aqui separamos para vocês algumas dicas do que fazer nessa época, sejam elas férias de trabalho, com crianças, viajando sozinho, em alta temporada…tem para todos os gostos e momentos do ano.

Viajar sozinho?Por quê não?!

Você é uma daquelas pessoas que deixa de viajar de férias por não ter companhia para ir junto, as datas nunca batem, etc? Então pode parar com isto, porque é possível sim, veja como: é uma das coisas mais libertadoras que existem, quem tem esse costume sabe bem do que eu estou falando. Existem muitos destinos espalhados pelo mundo que abraçam de uma forma mágica viajantes solitários. Lugares que você nunca ficará sozinho de fato, terá seus momentos de autoconhecimento mas também fará novos amigos e terá experiências únicas.

1. São Paulo

Se você gosta de arte, cultura, gastronomia e todo o agito de uma cidade grande, é para lá que você deve ir nas suas férias em 2019. Alí você vai passear muito e voltar para casa colecionando as mais diversas histórias. Claro que sempre com cuidado e segurança. Siga dicas de segurança que as polícias informam, não apenas para a “mega” capital, mas para tudo. Embarque de cabeça na vida paulistana, frequentando lindos parques, museus, feirinhas de antiguidades, comendo todo o tipo de comida – todo tipo mesmo! É incrível. Detalhe: Não deixe de comer o sanduíche de pernil no clássico Estadão ou dar uma voltinha a pé ou de bike pela grande Av. Paulista (fechada para carros aos domingos). Curta festas e baladas madrugadas a dentro, terminando seu dia com uma vista espetacular da cidade através do topo dos prédios do centro da cidade, nossa… é mágico. A cidade também conta com hostels incríveis que te farão conhecer gente do mundo todo. São Paulo é um destino que não te fará sentir sozinho e não lhe faltarão atividades e coisas para conhecer. A cidade pulsa movimento de uma forma espetacular, 24 horas.

2. Rio de Janeiro

É aquela cidade que você sente o calor humano antes mesmo de desembarcar, por isso muitos turistas do mundo todo vem parar aqui. Lógico que, atualmente, com mais cautela e cuidado, mas dá para você curtir, sem ter dissabores, basta ficar atento e seguir regrinhas básicas de segurança. O Rio tem uma energia difícil de explicar, só vindo para sentir. O carioca tem fama de “marrento”, mas é um pouco de maledicência, ele tem a melhor das energias, que vai te ajudar no que precisa, que realmente se interessa pelo que você tem a dizer. Coisas para se fazer na cidade maravilhosa não faltam. O Rio de Janeiro tem muitas praias, natureza abundante, trilhas, paisagens, tudo o que faz as pessoas serem, no geral, mais leves em todos os aspectos, mas ainda é uma cidade grande, por isso se você busca cultura, arte, música, inspiração, também vai encontrar, e não é pouco não. Não é a toa que muitos nomes incríveis da música, poesia, escrita, nasceram na cidade, ela inspira tudo isso! O leque de opções de hostels descolados e passeios é enorme, e com certeza você não se sentirá sozinho nem por um minuto nessa cidade que a todo tempo está aberta a te receber com um sorriso no rosto.

3. Foz do Iguaçu

A próxima dica de lugar para você conhecer nas férias é Foz do Iguaçu, no estado do Paraná. A cidade está situada na região da Tríplice Fronteira (Foz, Puerto Iguazu e Ciudad del Este) e, se você ainda não planejou uma trip para lá, vá o quanto antes pois é um destino super pertinho, barato, e maravilhoso! É em Foz que se encontra uma das SeteMaravilhas da Natureza: As Cataratas do Iguaçú. Por isso, o fluxo de turistas é intenso o ano inteiro, afinal todos querem ver de perto essa real maravilha. Esse é um destino que eu adorei conhecer sozinha. Uma das coisas que mais me marcou foi ter feito amizade com uma senhorinha americana, também viajando sozinha, quando eu estava conhecendo as Cataratas. Isso é uma coisa que acontece muito quando você está viajando desacompanhado e encontra outras pessoas na mesma situação: vocês ficam mais abertos a se conhecerem. Estando acompanhando, a chance de fazer novas amizades em viagens existe, claro, mas é mais baixa. Se você tem pouco tempo, cinco dias no máximo já está de bom tamanho para conhecer os principais pontos. Tudo em Foz é muito fácil de ser acessado e, apesar de não existir Uber ali, existem ônibus para todos os cantos e principais pontos turísticos. A cidade é um lugar simples onde todos são muito simpáticos e solícitos com você. Acredito que Foz é um destino que todos precisam ir uma vez na vida, não só para sentir de perto a energia das Cataratas, mas pelo pôr-do-sol espetacular ao final de cada dia. Ah, não deixem de ir no Marco das Três Fronteiras, lá o espetáculo de ver o sol se pondo é surreal de lindo.De quebra você ainda consegue pegar um ônibus comum e cruzar a fronteira, porque Puerto Iguazu, na Argentina, tá logo ali coladinho com Foz. Não deixe de ir na feirinha que rola a noite, no centro de Puerto Iguazú, você vai encontrar alfajores maravilhosos, explorar o artesanato local, ouvir músicas típicas, comprar vinhos extremamente baratos… É uma experiência única que com certeza vai te fazer ter muitas histórias para contar. Sozinho ou acompanhado, Foz do Iguaçu é um lugar que você precisa fazer nas suas férias.

Férias gastando pouco

Então está chegando suas férias e você não tem muito dinheiro para fazer aquele tão sonhado cruzeiro ou uma viagem que exige mais planejamento financeiro, mas ainda assim você quer dar aquela escapada? Destinos mais em conta ao redor do Brasil é o que não faltam.

1. Curitiba

Curitiba é uma cidade que tem inúmeras opções gratuitas, incluindo o, já famoso, Jardim Botânico, e tantos outros parques lindos espalhados pela cidade. Se você estiver de carro, melhor ainda, pois ao redor da cidade existem trilhas muito legais para se fazer.  Não deixem de assistir ao pôr-do-sol no Parque Tanguá e conhecer as pedreiras na Universidade do Meio Ambiente. Se natureza não é muito o seu forte, Curitiba conta com diversos cafezinhos fofos, uma feira de artesanatos muito legal aos domingos e um centro histórico cheio de cultura. Existem ônibus para todos os cantos da cidade e hostels incríveis e baratos também. Uma dica é o Social Hostel, a dona de lá é a Maria, uma das mulheres com o coração puro, você vai se sentir em casa.

2. Ilha Bela

O litoral paulista é apaixonante, e bem pertinho de SP. Uma das opções é Ilha Bela, com suas belíssimas praias, cachoeiras, e muito verde para desbravar. A água do mar é bem clarinha, dá para praticar mergulho, na Ilha das Cabras (mas isso já não é tão barato assim). Você pode achar casinhas fofas de frente para o mar, através do Airbnb.  Tem a casa é de uma argentina super simpática, arquitetura toda rústica, há um ano, mais ou menos, a diária era na faixa dos R$100. Ou ainda, você pode se hospedar de graça na Ilha através da Worldpackers, ficando em hostels que abrem as portas para te receber, na faixa, em troca de trabalho. Não deixe de conhecer Ilha Bela se quiser gastar pouco e dar de cara com praias paradisíacas logo ali, do ladinho de São Paulo. Só tome cuidado com os borrachudos, passe muito repelente pois eles não perdoam e vão te picar. Se, ainda assim, você não quiser abrir mão de jeito nenhum de ir para fora do país, a dica é o guia de como viajar barato pelo mundo cheio de conteúdos incríveis!

Férias de Julho-Fuja dos lugares cheios

Geralmente muitas pessoas só conseguem tirar férias em julho, por diversos motivos, e isso significa: muita gente em todos os lugares. Por isso, se você só tem esse mês para tirar uns “diazinhos”, a sugestão é que você saia do padrão e escolha destinos mais afastados de toda a muvuca, para não fazer com que o que era para ser bom, vire um stress sem fim. Por isso, a dica é: Explore Minas Gerais! Sim, Minas. Pouca gente sabe, mas existem muitas cidadezinhas para se explorar em MG, a terra conhecida pelos delicioso pães de queijos, mas que também conta com uma história muito rica para a linha do tempo do Brasil. É possível entrarmos em contato com a natureza, ficar sossegado em alguma casinha com vista incrível, mas também desbravar os patrimônios históricos, igrejas, construções arquitetônicas, e muito mais. Da atmosfera mística de São Thomé das Letras, passando pelas belezas naturais e cachoeiras de Capitólio, à cultura e história de Tiradentes, não deixe de visitar Minas Gerais e aproveitar tudo o que esse grande e lindo estado tem para oferecer. Existem oportunidades de voluntariado  pela Worldpackers para você ir. E nem precisa pagar a hospedagem.

Férias flexíveis – Vá na baixa temporada

Bom, caso você tenha flexibilidade para tirar férias e não precise fazer isso somente nos meses de janeiro ou julho, então as possibilidades são infinitas! Fique sempre de olho nos preços das passagens dependendo da época, e também atente-se ao período de alta e baixa temporada dos destinos que quer conhecer. Isso pode interferir muito na hora dos valores, e também da experiência em si. Com chuva ou sol, oportunidades não faltam, mas é preciso definir o que você quer. Terão muitos ou poucos turistas na cidade? Quero algo mais movimentando ou sossegado? Isso tudo precisa ser levado em consideração antes de seguir viagem.

Férias com crianças

Você pode, e deve, levar os pequenos juntos, pois a melhor escola que existe é a vida. Assim como para você, para as crianças viajar também é um momento mágico de conhecer o mundo através de outras perspectivas. O que a criança tem de mais rico dentro dela? Curiosidade. Sim, crianças são seres muito curiosos, com sede de aprender e explorar. Então a dica para férias com crianças é, primeiro de tudo, não deixá-las entediadas! Procure por destinos que contenham museus, planetários, parques aquáticos, atividades ao ar livre como arvorismo, tirolesa, arco e flecha, aquários, zoológicos. Muitos desses passeios existem na sua própria cidade provavelmente, então caso uma viagem mais longa não esteja nos planos, com certeza dá para passar aquele dia incrível ao lado das crianças sem ir para muito longe. Algumas dicas de lugares para levar e curtir com os pequenos e pequenas:

1. Ski Mountain Park – São Roque (Interior de São Paulo)

Ski Mountain Park é o típico passeio para toda a família. Localizado no interior de São Paulo, ele conta com pistas artificiais de ski, além de muitas outras atividades incríveis. É aquele lugar para se passar o dia inteiro se divertindo, com certeza ao chegar em casa as crianças vão dormir como nunca.

2. Parques de Camas Elásticas

Esses parques, que já são uma febre no exterior, começaram a se popularizar no Brasil em 2016, hoje vem se espalhando pelo país. São, literalmente, parques de cama elástica. É trampolim para todo o lado! Três deles estão localizados na capital de São Paulo; dois no Rio de Janeiro; um em Ribeirão Preto, e mais outros por aí, Brasil afora.

 

 

*Fonte: copilado de Camilla (jornalista) e fotos internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s